Máquina de cartão de crédito para pessoa física

24/06/2015 | Por | 1 Comentário Leia mais

Máquina de cartão de crédito para pessoa físicaVocê sabia que mesmo sendo pessoa física é possível ter uma máquina de cartão de crédito? Sim, não é necessário ser pessoa jurídica e possuir CNPJ, basta apresentar alguns documentos e possuir uma conta corrente para adquiri-la. Mas uma coisa é óbvia, você terá necessidade de uma máquina de cartão de crédito somente se você oferece algum serviço, possui um pequeno negócio ou trabalha como profissional autônomo. A máquina servirá como uma facilidade para seus clientes, que terão outras possibilidades de pagar pelos seus serviços, tendo em vista que hoje em dia a maioria das pessoas possui algum tipo de cartão de crédito. Assim, se você tem um pequeno salão de beleza, uma lojinha, um stand em alguma feira, um taxi, etc, poderá solicitar junto às empresas uma máquina de cartão de crédito. Confira abaixo algumas dicas sobre como solicitar e avaliar seu pedido de máquina de cartão de crédito para pessoa física.

Algumas vantagens:

  • Não precisa ter empresa (CNPJ);
  • Basta ter uma Conta Corrente Individual (não pode ser Conta Poupança, Benefício ou Conjunta);
  • Máquina Fixa, Móvel e Mobile;
  • Taxas Administrativas baixas;
  • Antecipação das Vendas direto com a operadora (desde o primeiro mês);
  • Parcelamento das Vendas de 02 até 06 vezes (podendo estender para 12 vezes);
  • Aceite diversas bandeiras de crédito e débito;
  • Recarga de todas as Operadoras de celular, com comissão de 3,5% por recarga aprovada (nas máquinas com fio e agora também na sem fio).

Como solicitar uma máquina de cartão de crédito para pessoa física

Máquina de cartão de crédito para pessoa físicaNo geral, é necessário uma conta aberta em banco e solicitar à empresa detentora das máquinas a filiação, que será analisada de acordo com a perspectiva de faturamento e documentação apresentada. Tenha em mente que o valor de aluguel (manutenção) das máquinas não é fixo, assim como a porcentagem sobre transação cobrada por cada empresa.

A tendência é que os pequenos negócios com maior volume de transações, no geral, paguem valores menores. A negociação dos valores pagos é essencial para avaliar o custo benefício de se utilizar uma máquina de cartão de crédito.

A Cielo, por exemplo, exige somente a apresentação do CPF, do registro profissional da atividade exercida e da conta bancária. Para se associar à Cielo basta procurar o gerente do seu banco e solicitar a afiliação. Após a análise da afiliação você receberá um telefonema de um consultor da Cielo para a confirmação dos dados e envio do contrato e da máquina de cartão. O valor não é pré-estabelecido e não há como saber a priori quanto deve ser pago de aluguel e uso da máquina. Tudo isso depende do ramo de atuação, do potencial de receita e faturamento.

Outra empresa responsável pelas máquinas de cartão é a Redecard, que trabalha com as bandeiras Visa, Mastercard, American Express, Hipercard e crédito para celular. Para adquirir uma máquina da Redecard você também entra em contato com seu gerente e solicita a afiliação à empresa, o que também pode ser realizado pelo site da Redecard. A discussão sobre os valores de aluguel e percentual de vendas também está submetida ao ramo de atuação e faturamento do usuário.

Principais opções

Cielo

Aceitando diversas bandeiras, a Cielo é uma grande parceira para seu negócio, desde que você esteja disposto a compartilhar parte de seus lucros como custos envolvidos na obtenção e credenciamento para uso das máquinas Cielo.

Como me credenciar para uma máquina Cielo?

Antes de mais nada, leia o contrato de credenciamento por inteiro, disponível no site de credenciamento da Cielo. Você deve estar ciente de todos os seus direitos e deveres como parceiro da Cielo. Caso tenha dúvidas, você pode entrar em contato com um advogado para uma consultoria jurídica do contrato e/ou a Central de Relacionamento da Cielo pelos telefones 4002-5472 (capitais e regiões metropolitanas) ou 0800-570-8472 (demais localidades).

Depois de esclarecidas as dúvidas legais, você deve abrir uma conta em um banco, caso ainda não tenha. Clientes do Banco do Brasil, Bradesco e HSBC tem facilidades na hora do credenciamento pelo site da Cielo.

Depois de aberta a conta ou caso você já tenha uma, tenha em mãos os seguintes documentos

  • Cópia do CPF e RG (ou CNH);
  • Comprovante de Endereço;
  • Comprovante de domicílio bancário, contendo o nome e CPF do profissional (Conta Corrente individual);

Documento que comprove o segmento de atuação:

  • Profissionais Liberais: registro profissional da categoria (ex.: CRM, CRO, CREA, OAB, etc);
  • Profissionais Autônomos: Demais registros pertinentes aos órgãos públicos que regulam a atividade (por exemplo, alvará de funcionamento, licença da prefeitura ou documento que comprove atividade exercida pelo estabelecimento emitido por algum órgão público);
  • Revendedores porta a porta: Nota Fiscal e Carta em papel timbrado emitido pela empresa;
  • Revendedores Natura: carta de credenciamento em papel timbrado e assinada pela empresa;
  • Mary Kay, Lacqua di Fiori, Herbalife e Avon: nota fiscal;
  • Demais empresas (Jequiti, Forever Living, Racco, Tupperware): nota Fiscal da revendedora e carta da empresa em papel timbrado, comprovando o credenciamento da revendedora.

Reunidos estes documentos, você deverá acessar o site de credenciamento a Cielo e optar por uma das seguintes opções de credenciamento:

  • Credenciamento normal: Para obtenção de máquina de cartão de crédito fixa ou portátil;
  • Credenciamento eCommerce: para autorização do uso da Cielo como intermediadora de transações online, geralmente em lojas online;
  • Credenciamento Mobile: para utilização de celulares e tablets como uma máquina Cielo. Disponível para os sistemas operacionais iOS, Android e Blackberry.

Negociando credenciamento das máquinas Cielo

A pesquisa é sua melhor arma na busca de um melhor valor para credenciamento na máquina Cielo.

Qual o preço de credenciamento para pessoa física nas máquinas Cielo?

Os custos variam e dependem da atividade exercida pelo profissional.

Preço de ativação da máquina da Cielo: varia entre gratuito (para pessoas físicas com alto volume de venda) a até R$400,00.

Mensalidade da máquina Cielo: gratuito (para pessoas físicas com alto volume de venda). Geralmente, para usuários normais, o preço da mensalidade está entre R$40,00 e R$150,00, dependendo do modelo e da região onde o usuário vive.

Ativação e mensalidade eCommerce/Mobile: geralmente não cobradas taxas menores de mensalidade destas modalidades e sem taxa de ativação, caso o cliente já tenha ativado seu cadastro na Cielo. O valor da Mensalidade começa a partir de R$30,00 e pode ir até R$60,00, dependendo do uso e negociação para o serviço.

Taxas administrativas (cobradas a cada uso da máquina): para vendas a débito, a taxa é a partir de 3,10% e o dinheiro cai em sua conta em até 48h. Para vendas a crédito a vista, a taxa é a partir de 3,90% e o valor cai em sua conta em 30 dias. Para o parcelamento (3x sem juros. Para mais opções, negociar com o atendimento da Cielo), a taxa é de 4,5% sobre o valor total, ocorrendo o desconto no pagamento da primeira parcela.
Recomendações aos nossos leitores

O recomendado é que você pesquise bastante antes de confirmar seu credenciamento com as máquinas da Cielo e, caso tenha dúvida, procure diretamente o gerente de seu banco para esclarecimentos. Os bancos credenciados para atuação com máquinas da Cielo são: Alfa, Mercantil do Brasil, Bancoob, Banestes, Banrisul, Bradesco, Bacno Sicred, Banco do Brasil, BRB, Caixa, Citibank, HSBC, Itaú, PanAmericano, Santander, Safra e Tribanco.

Nota-se que as empresas de cartão no Brasil são muito ruins em comunicação e estes valores cobrados são muito flexíveis. Por conta disso, geralmente recomendamos opções que são mais claras e objetivas com seus clientes, como o Pagseguro e o MercadoPago, que deixam bem claras suas taxas cobradas desde o início e é muito fácil encontrar estas taxas online, além de não cobrarem por ter a instalação destes serviços no seu site ou na versão mobile. Fica a dica para quem quer poupar, já que as taxas administrativas não são muito maiores que as empresas “gigantes” de mercado e pode compensar os altos valores de credenciamento e mensalidade.

Pese bem a decisão pois os custos irão comer partes de seu lucro, mas aceitar cartões pode também atrair mais clientes ao seu negócio.

Site: https://www.cielo.com.br/seja-nosso-cliente

PayEleven

O modelo de negócio da PayEleven difere da Cielo em relação à aquisição da máquina, que é de propriedade do filiado (divida em 12 parcelas de R$23,90), não exigindo pagamento de mensalidade. A única exigência é a aquisição de tablet ou celular Android para fazer a comunicação com a máquina.

Vantagens

  • Sem mensalidade e sem burocracia: A partir de 2,69% no débito e 3,39% no crédito (30 dias, em 2 dias úteis 4,39%) por transação e sem travas contratuais;
  • Seguro e confiável: Proteção contra uso indevido de dados e padrões de segurança EMV e PCI;
  • 100% móvel: Via Wi-Fi, 3G or 4G em seu smartphone ou tablet Android

Site: https://payleven.com.br/

Pagseguro

O PagSeguro oferece duas opções para compras presenciais com cartão, a Moderninha e leitor para celular. Ambas exigem a compra do equipamento, que fica em posse definitiva do contratante. Nas duas opções não existe cobrança de mensalidade.

Vantagens:

  • Sem aluguel, nem taxa de adesão;
  • Para pessoa física e pessoa jurídica;
  • Aceite as principais bandeiras do mercado;
  • Parcele suas vendas em até 12 vezes.

Opções de máquinas


Moderninha

  • Valor de aquisição: 12xR$49,90 (à vista R$598,80);
  • Não necessita de celular;
  • Sem aluguel, nem taxa de adesão;
  • Envio gratuito do comprovante por SMS;
  • Plano de dados incluso;
  • Crédito: 30 dias para receber, taxas: 3,19% à vista, 3,79% parcelado (vendas parceladas, acréscimo de 2,99% ao mês);
  • Débito: 01 dia útil para receber, taxa: 2,39%.

Leitor de crédito para celular

  • Valor 12xR$9,90 (à vista R$118,80);
  • Sem mensalidade e taxa de adesão;
  • Necessita de celular Android ou iPhone com conexão à Internet para operação;
  • 30 dias para receber;
  • Venda apenas em crédito;
  • Taxas: 3,59% à vista e 4,19% parcelado;

Site: http://www.pagseguro.com.br

Redecard

A Redecard oferece uma solução semelhante à PayEleven, máquina associada a um celular. O Mobile REDE é uma solução tecnológica que transforma o seu smartphone ou tablet em uma maquinha de cartão de débito, crédito e refeição. É ideal para profissionais liberais, vendedores ambulantes e pequenos lojistas que desejam aumentar as suas vendas de forma rápida, segura e sem burocracia. O produto está disponível para Pessoa Física e Pessoa Jurídica.

Vantagens

  • Disponível para Pessoa Física e Pessoa Jurídica.
  • Taxa de adesão gratuita
  • Receba o pagamento no cartão em até 2 dias
  • Facilite o pagamento para seus clientes. Parcele em até 12x e receba à vista.
  • Gerencie suas vendas no cartão pelo aplicativo Mobile Rede.
  • Bateria do leitor de cartão dura até 72h
  • Suporte técnico do leitor de cartão sem custos adicionais.

Custo

  • Mensalidade: R$9,90
  • Taxas: débito 2,99% por transação, crédito à vista 6,50% por transação, crédito parcelado (em até 12x) 8,50% e acréscimo de 1,89% por mês

Site: https://www.userede.com.br/mobilerede/

Sites e negócios online

Se seu negócio funciona exclusivamente online, considere a filiação ao PagSeguro (sem máquina) ou Paypal, que não cobram taxas de manutenção e possuem taxas por transação bastante atrativas.

Consultorias

Diversas empresas prometem intermediar o contato com as empresas que fornecem máquinas de cartão, cobrando valores de R$200 a R$500, com a promessa de agilizar o processo de contratação e livrar os interessados da burocracia. Cuidado com as promessas milagrosas! Consulte recomendações em sites como ReclameAqui e evite sempre que possível intermediários.

Máquina de cartão crédito para pessoa física vale a pena?

Tudo depende do volume de transações que seu negócio realiza mensalmente, e principalmente que diferencial estratégico o pagamento com cartão pode trazer. Pesquise como sua concorrência lida com essa opção de pagamento e qual o nível de receptividade da sua clientela a essa opção. Considere também que produtos podem ser agregados ao seu negócio, como pagamento de contas ou recarga de celulares.

Tags: , , , , , ,

Category: Máquina de cartão

  • Eliezer

    Gostei